top of page

Trecho da BR-376 pode desabar por conta do peso da terra


foto: Divulgação/SESP-PR


O Corpo de Bombeiros Militar do Paraná confirmou, na tarde de terça-feira (29), duas mortes provocadas pelo desmoronamento de terra que ocorreu pelo excesso de chuvas na BR-376, na altura do Km 669, em Guaratuba, no litoral do estado. As equipes do Corpo de Bombeiros resgataram os dois corpos e seis vítimas com vida desde o início das operações, na noite de segunda-feira (28).

Os bombeiros não informaram o estado de saúde das vítimas resgatadas e nem o local para onde elas foram encaminhadas. Também não foi possível informar o número de pessoas que permanecem desaparecidas na região. No começo da manhã de terça-feira, equipes de salvamento informaram que a lama pode ter arrastado ao menos cinco caminhões e 10 veículos para fora da pista.

A Defesa Civil do Paraná afirmou na terça-feira (29) que a parte da pista da BR-376 atingida por deslizamento de terra pode desabar.


Pista em Risco


De acordo com o Coordenador da Defesa Civil do Paraná, coronel Fernando Shunig, o trecho da rodovia está totalmente instável.

"Essa terra tem um peso muito grande sobre a pista, e uma pista que está sobre uma região suspensa, correndo o risco, inclusive, de desabar a pista. É um cenário muito complexo de ser trabalhado."

O trabalho de retirada da terra só deve engrenar quando parar de chover. A rodovia continua interditada nos dois sentidos.


158 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page