top of page

O pior ano para o esporte em Joinville


2021 foi um ano que deve ser esquecido. A pandemia e as medidas restritivas para minimizá-la se somaram aos mesmos problemas do ano anterior no seu primeiro semestre. Alguns setores da economia souberam neutralizar e até mesmo evoluir neste período vulnerabilidade sanitária e social, mas um deles esteve bem abaixo. O esporte conviveu com um dos piores anos de sua vida em Joinville. Lembrar-se da nova decepção do JEC seria redundância, mas graças a 2021 começamos o ano com o time “sem série” e, por tanto, sem nenhuma competição nacional. Enquanto isso o Brusque se manteve na série B. No ano passado o JEC deu esperanças na Série D e por pouco não passou pelo time de Brasília. Fracassou na Copa Santa Catarina. Já o Fluminense do Itaum disputou a Série B do Catarinense e também fracassou - o mesmo ocorrendo com o time do Nação na Série C, time que começou em Joinville, se transferiu para Canoinhas e lá morreu.

Nem o Futsal

Nossa maior força esportiva também fracassou em 2021. No jogo de volta no campeonato catarinense o JEC/Futsal foi goleado pelo maior rival (Jaraguá do Sul) em pleno Cau Hansen por 8x4. Joinville decidiu não disputar competições amadoras no Estado e algumas equipes locais representaram outros municípios, como a ginástica que acabou campeão. Decepcionante também foi o sétimo lugar nos Jogos Abertos, atrás de municípios menores do que o bairro Floresta.

Primeirona

Para salvar o ano no esporte amador tivemos em 2021 as competições da Liga Joinvilense de Futebol. A “Primeirona Pró-Rim” foi prejudicada pela chuva e os gramados com barro, mas tivemos um dos melhores campeonatos dos últimos anos. Uma prova foi a grande participação de ex-jogadores do JEC, como Lima, Saci, Aldair, Rodeio, Fernandinho Santa Clara, entre outros.


O Ginásio Ivan Rodrigues está abandonado há anos. O Estado o transferiu ao Município e este devolveu. Inadmissível a Fundação Municipal do Esporte de Joinville não ter ainda um solução criativa para este templo do esporte localizado numa região valorizadíssima. Culpa da administração passada e da atual. A solução deste impasse está próxima, garante o deputado Fernando Krelling.

Esperanças

A única esperança dos torcedores é que o projeto de clube-empresa. Já que está na moda ex-jogador comprar o clube – Ronaldo no Cruzeiro e o interesse de Neymar comprar o Santos FC – por que não sonhar que Ramires venha ser investidor do JEC com seus dólares "from" China?

Parabéns

Rejane Gambin assumiu a Prefeitura de Joinville com as férias do titular. É a primeira mulher a administrar o Município, mesmo que interina. Representa também a classe dos jornalistas e dos migrantes gaúchos que aqui vieram, como ela, em busca de oportunidade. Também como ela muitos conseguiram.


152 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page