top of page

Cartão corporativo: Bolsonaro gastou menos que Lula e Dilma


Bolsonaro com a camisa do JEC em São Francisco do Sul


Em quatro anos de mandato, o então presidente Jair Bolsonaro (PL) gastou R$ 27,6 milhões no cartão corporativo disponibilizado para a Presidência da República.


De 2019 a 2022, os gastos foram feitos com alimentação, hospedagem e transporte. Corrigido pela inflação do período, o valor é de R$ 32,6 milhões.


O montante foi inferior aos gastos por Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT) quando estavam à frente do Palácio do Planalto em seus respectivos primeiros mandatos.





Gastos presidenciais*:


Governo Bolsonaro (2019-2022) – R$ 32,6 milhões

Governo Dilma 1 (2011-2014) – 42,3 milhões

Governo Lula 1 (2003-2006) – R$ 59 milhões

* Valores corrigidos pela inflação


Um dos fatores que ajuda a explicar a diferença é a distinção na modalidade de despesas.


Bolsonaro concentrou seus gastos em alimentação, enquanto Lula e Dilma em hospedagens durante viagens oficiais ao exterior.


Com informações da CNN

220 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page