top of page

Brasil reage no final mas é superado pelo México


Mais de oito mil torcedores foram à Arena Jaraguá


Jaraguá do Sul foi palco da partida com o maior público até agora da Seleção Brasileira Masculina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de Basquete. Na noite desta segunda-feira (29), Brasil e México se enfrentaram num jogo emocionante, que levou mais de 8 mil torcedores à Arena Jaraguá. Infelizmente, o Brasil não conseguiu superar os adversários e perdeu por 82 a 72.


A torcida fez a sua parte, vibrando e empolgando os atletas a cada lance do time brasileiro contra os adversários. No intervalo do segundo para o terceiro quarto de jogo, uma atração diferente chamou a atenção do público. A Banda Estrela de Ouro invadiu a quadra, trazendo junto as Majestades da 32ª Schützenfest, o Wilfred (mascote da festa), e dançarinos de grupos folclóricos.


O time brasileiro não ficou uma única vez à frente do marcador, chegando a perder por uma diferença de quase 20 pontos. Nos últimos quatro minutos de partida, o Brasil ensaiou uma recuperação e chegou a diminuir a vantagem dos adversários para dez pontos. Faltando 1'30" para o final, a diferença caiu para sete pontos, o que fez a torcida levantar e empurrar o time para uma reação. Os instantes finais foram de muita emoção, mas o tempo não foi suficiente para a virada, finalizando com placar de 82 para os mexicanos a 72 para o Brasil. As dificuldades na marcação e nas finalizações fizeram com o que o Brasil amargasse a segunda derrota consecutiva nesta segunda fase das Eliminatórias. Na semana passada, a Seleção Brasileira masculina foi superada por Porto Rico na estreia da segunda fase, em San Juan, por 75 a 72. "Faltou um pouco de consistência e tranquilidade no ataque", resumiu o jogador Marcelinho Huertas, um dos principais líderes da equipe. O técnico Gustavo Conti disse que a ansiedade dos jogadores pode ter sido um dos fatores que levaram à derrota.


Passagem por Jaraguá do Sul


A família Kruk de Jaraguá do Sul chegou à Arena Jaraguá às 9h de segunda-feira (29), para garantir os primeiros lugares no duelo entre Brasil e México. Pai, mãe e os dois filhos – sendo que o filho é atleta do sub 13 de basquete local –, foram destaque nas redes sociais da CBB, e tiveram uma surpresa enquanto aguardavam a liberação do acesso ao interior da Arena. Os jogadores Lucas Dias, Lucas Mariano (careca), Rafael Mineiro e Augusto Lima foram até eles para cumprimentar e entregar camisetas de treino da Seleção.


A Seleção Brasileira masculina de basquete chegou no sábado (27) dia em que fez o seu primeiro treino em Jaraguá do Sul, visando o duelo contra o México. A equipe comandada por Gustavo De Conti fez uma longa viagem de retorno de Porto Rico para o Brasil e veio para Jaraguá do Sul. No domingo (28), durante torneio de basquetebol e outras ações da Secel, na Arena Jaraguá teve, também, sessão de autógrafos e fotos com os atletas.


Eliminatórias


Além de Brasil e México, 16 seleções disputam as eliminatórias: Argentina, Canadá, Colômbia, República Dominicana, Panamá, Porto Rico, Uruguai, Estados Unidos, Venezuela, Ilhas Virgens, Bahamas, Chile, Cuba e Paraguai. Na primeira fase das Eliminatórias, o Brasil contabilizou cinco vitórias e apenas uma derrota, para a Colômbia.


Pelo formato de disputa, o Brasil ainda encara a Seleção dos Estados Unidos, em dois confrontos, dentro e fora de casa, México (fora) e Porto Rico, em casa. As Eliminatórias da Copa do Mundo de Basquete têm seu término previsto para fevereiro de 2023, quando as três seleções melhores colocadas dos grupos E e F, vão ao Mundial, assim como o melhor quarto colocado das duas chaves.


A Copa do Mundo de Basquete será de 25 de agosto a 10 de setembro de 2023, tendo como sedes Japão, Filipinas e Indonésia. Na primeira fase, serão 32 equipes, sendo quatro em cada grupos. Os dois melhores de cada grupo seguem para a segunda fase e os dois melhores de cada grupo vão para o chamado mata-mata, a partir das quartas de final.


113 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page