top of page

“Zona Franca” de Joinville


Em área de 1 milhão de metros quadrados, Joinville vai receber uma “Zona Franca” ao lado do aeroporto


O Aeroporto de Joinville vai ser contemplado com uma Zona Franca semelhante ao que já foi inaugurado no Aeroporto de Confins (MG). O Grupo CCR é sócio da BH Airport, que é a gestora de Confins - e também venceu o leilão do Aeroporto de Joinville, onde decidiu implantar aqui o projeto Aeroporto Industrial, local semelhante a um condomínio onde as indústrias podem importar matérias-primas e exportar o produto manufaturado sem pagar impostos. O projeto de Joinville é maior do que o mineiro. Lá são 750 mil metros quadrados.


A Zona Franca de Joinville será instalada em uma área de 1 milhão de metros quadrados formada por duas propriedades. A maior delas pertence ao empresário Zé Rodrigues. A outra é de uma malharia e fica ao lado do aeroporto. O projeto é destinado à instalação de empresas que tenham como foco principal a exportação de produtos manufaturados, utilizando matérias-primas importadas em seu processo produtivo. Ao manufaturar seus produtos dentro do “Aeroporto Industrial”, estas empresas terão isenções fiscais quando exportarem seus produtos acabados.


A escolha pelo Aeroporto de Joinville deve ser porque houve disponibilidade de anexar em seu terreno uma área de 1 milhão de metros quadrados. Em nenhum outro aeroporto que a CCR ganhou em leilão, entre eles Curitiba e Navegantes, não há terrenos disponíveis ao lado para implantar o projeto. Não há previsão para inaugurar o “Aeroporto Industrial” em Joinville, mas algumas etapas estão bem avançadas. O Governo Estadual tem papel importante. A CCR é uma das maiores operadoras de infraestrutura da América do Sul e atua também na concessão de rodovias e aeroportos. Ela pertence à Camargo Correia, Queiroz Galvão e Grupo Penido, todos com 17%.


Colegas


Mudanças nas equipes de esportes do grupo NSC em Santa Catarina. A Rádio CBN/Joinville terá como narrador o jornalista Douglas Martins e Gustavo Mejia como comentarista. J. Dechamps foi convocado para narrar os jogos de Avaí ou Figueirense pela CBN/Diário de Florianópolis ou pela NSC TV em rede estadual.


Nomes


Ao que parece é oficial: o deputado estadual Sargento Lima, eleito pelo PSL e agora no PL, está mudando seu nome político para Carlos Lima, retirando o “sargento”. Ele é sargento da PM licenciado para exercer seu mandato. Já o coronel Armando tem intensificado sua divulgação pelas redes sociais, mantendo sua patente de oficial da reserva do EB.


Convites


Finalmente o empresário Zé Rodrigues deve disputar uma eleição. Filiado ao PT (ainda), já recebeu convites para disputar a Câmara Federal até por outros partidos. O dono do Sítio Novo e das “Ponteiras Rodrigues” quer deixar sua bela residência no condomínio do Golf Clube (entre terça e quinta-feira) para morar em apartamento funcional em Brasília.


Funil


Deveremos chegar a março (época da janela que permitirá mudança de partido) com cinco candidatos ao governo estadual: governador Carlos Moisés, ex-governador Raimundo Colombo, senador Jorginho Mello, prefeito Gean Loureiro e o ex-deputado Décio Lima pelo PT.


À venda


A conhecida “Recreativa Schulz” finalmente foi vendida. A área fica próximo da Estação Ferroviária e pertencia à falida Malharia Nylonsul. Depois comprada pela também falida Rede Vitória de Supermercados (Itajaí). O terreno está à venda há anos. O problema é que tem que deixar uma área livre (recuo) de 30 metros dos trilhos do trem, o que prejudica um projeto habitacional.


Testemunho


Desde o início da pandemia não tinha observado tantos amigos e conhecidos com o Covid-19. Detalhe: a maioria com duas doses de vacinas. Ninguém foi para UTI e os efeitos não são tão graves como os das variantes Betas e Delta.


Tríplice coroa


Dengue em 2018, Covid em 2020 e gripe H3N2 em janeiro de 2022. Nenhuma me levou para o hospital. Cuide-se: lavar as mãos, usar máscaras e evitar aglomerações.


2.667 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Sobre a manchete "FUNIL", pode considerar Odair Tramontin na lista de pré-candidatos ao governo do estado pelo Partido Novo. Terceiro colocado na disputa da prefeitura de Blumenau, não foi ao segundo turno por cerca de 2% dos votos.

Like
Replying to

é claro que será candidato, mas deve chegar em quinto ou sexto. não foi para o segundo turno em Blumenau....mas é um dos melhores candidatos por sua formação de promotor público.

Like
bottom of page