top of page

Turismo no Cemitério do Imigrante

Cemitério do Imigrante em Joinville é um museu a céu aberto.

foto: Savio Tomaselli


Neste Dia de Finados vamos tratar de um tema pouco explorado. O turismo de cemitério não é exatamente uma novidade, mas ainda há quem se espante com um nicho cada vez maior de pessoas que incluem uma visita a um cemitério, como roteiro turístico. Na Europa é comum a venda de ingressos para quem quer visitar cemitérios históricos.

Esse tipo de passeio revela diferentes aspectos culturais, obras sacras, histórias, lendas e superstições populares ligadas ao tema.

Sepulturas, túmulos, tumbas… Tudo isso pode inspirar medo. Mas cemitério também é sinônimo de arte, beleza e curiosidades.

O Brasil conta com cemitérios famosos. Um deles é o Cemitério de São João Batista, localizado no Rio de Janeiro. O cemitério, que abriga personalidades como Cazuza, Tom Jobim e Carmen Miranda, é um dos mais visitados do Brasil. A ideia é conhecer o túmulo de famosos.

Em Joinville, no Cemitério Municipal, há jazigos de personalidades da história catarinense. Dois governadores estão sepultados no local - Pedro Ivo Campos e Luiz Henrique da Silveira.

Apesar disso, é o Cemitério do Imigrante que se assemelha mais com o que se encontra na Europa. Mesmo porque nas lápides o alemão é idioma utilizado para indicar quem são as pessoas sepultadas. São 170 anos de história.

O espaço, que passou por reforma, foi reaberto para visita presencial há alguns meses.

Quem vai ao cemitério, situado na rua Quinze de Novembro, pode realizar uma visita monitorada com os técnicos da Secretaria de Cultura e Turismo, que acompanham o passeio mostrando as lápides e explicando a história e as particularidades do lugar.

O Cemitério do Imigrante conta com aproximadamente 500 túmulos, embora tenham ocorrido 2 mil sepultamentos no local. O cemitério foi aberto em 1851 e desativado 62 anos depois. Desde 1962, é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como Patrimônio Histórico e Paisagístico Natural.

O Cemitério do Imigrante abre de terça a domingo, das 10h às 16h, e os visitantes devem seguir todos os protocolos sanitários contra a Covid-19, como o uso de máscara de proteção e de álcool em gel.

159 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page