top of page

Tem filtro?

Luiz Carlos Prates


Hoje não é mais preciso pedir para pôr o filtro, as selfies já vêm com filtro, vale dizer, todas as fotos que vemos das bonitas e dos bonitos são falsas. Aliás, antes de entrar no assunto, preciso dar um giro, voltar ao passado. Faz muitos anos, eu estava no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Era um costume passar por esse aeroporto para ir a outras capitais brasileiras, eu era narrador de futebol e não sossegava o facho, uma viagem atrás da outra. Quando passava pelo aeroporto de Congonhas era hábito ver muitos atores e atrizes de novelas, eles também iam e vinham do Rio para São Paulo gravar capítulos. Um dia encontrei uma famosa atriz de novelas, nas telas ela era linda, bela mesmo. Ao vivo, ela era bem diferente da mulher que eu via na novela. Por quê? Ela estava sem maquilagem. Eu via a “realidade” no aeroporto. Hoje os retoques ficaram melhores, temos os filtros automáticos nas câmeras de tevê. As belezas que vemos na tevê não são naturais, são dos filtros. Agora é assim, mentiras sobre mentiras. É um viver sob filtros de todo tipo, isto é, mentiras e enganações bem trabalhadas nas redes sociais. E isso está afundando pessoas. Pessoas levianas que vivem a vida dentro de “filtros” enganosos, de autoenganos. As pessoas buscam enganar as outras, mas sabem que não se enganam a elas mesmas. E essa consciência do viver num “filtro” está ensandecendo populações. O nosso grande e único filtro deve ser o das virtudes pessoais, quem não tiver a mesma postura e decência não se irá misturar a nós... Claro que perco meu tempo em tentar gritar nas esquinas que a culpa de nossa infelicidade e mesmo das nossas loucuras é nossa. De ninguém mais. Quando busco instintivamente o filtro numa selfie estou buscando uma tapeação. É o momento porque passamos, de enganações, haja vista os casamentos. Bah, um horror. Aliás, já ouvi um desbocado, mas verdadeiro, sugerindo que ao tempo em que os noivos fazem a festa de casamento já aproveitem e façam junto a festa do divórcio... Sim, porque os casamentos hoje não passam filtro, um “filtro” de um falso amor... Que horror, chegarmos a esse ponto, mas... É a vida moderna. Um baita “filtro”...


Pedras

Vi num programa policial da tevê imagens de uns guris, interior de São Paulo, colocando pedras nos trilhos do trem que passa diariamente pela casa deles. Pedras que podem fazer o trem descarrilar. Será que as “crianças”, os vagabundos, não sabem o que estão fazendo? Sabem e é por isso que fazem. Pegar esses vagabundos e dar-lhes a devida lição, ô, lição inesquecível. Impunes, como “crianças”, é que não podem ficar...


Educação

Você conhece algum pai, alguma mãe que diariamente coloque os filhos nos trilhos da severa educação? Severa, eu disse, nada de levar tudo numa boa... Só o que vejo por aí são trastes, pais e mães que não deviam ter feito filhos. E dá nisso que anda por aí, jovens inconfiáveis, inseguros, abalados mentais e muitos com o pé no suicídio. E os papais? Um horror os trastes que andam por aí, arrotando e mentindo. Exceção? Aonde, por favor?




Falta Dizer

Ontem cometi um erro “imperdoável”. Estava com amigos num café e lá pelas tantas disse que tinha que ir ao barbeiro, cortar o cabelo. Disse que queria ficar bonito. Santo Deus, um crime brutal, cometi o crime de discriminação. Disse que de cabelo cortado eu ia ficar bonito... Que mal-educado! Agora é assim. Puff!

111 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page