top of page

PM confirma 4 mortes em helicóptero


foto: PM/SP


Após 12 dias de angústia e intensas operações de busca, o helicóptero desaparecido desde o último dia 31 de dezembro foi localizado nesta sexta-feira(12) próximo à represa de Paraibuna, no interior de São Paulo. O trágico desfecho foi confirmado pelo comandante da aviação da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), que informou que nenhuma das quatro pessoas a bordo sobreviveu.


O Águia 24, unidade especializada da PMESP, identificou os destroços da aeronave por volta das 9h15 da manhã. As buscas foram realizadas em uma área de cinco mil quilômetros quadrados, sendo prejudicadas pelo relevo montanhoso da região e pelas adversas condições meteorológicas.

"Foi uma operação desafiadora devido às condições do terreno e do clima. Infelizmente, não há sobreviventes", declarou o coronel Ronaldo Barreto de Oliveira, comandante da Aviação da Polícia Militar de São Paulo.


Durante a última semana, familiares dos desaparecidos mobilizaram esforços próprios na tentativa desesperada de encontrar o helicóptero. Contrataram mateiros para auxiliar nas operações e, em alguns casos, utilizaram drones para explorar áreas de difícil acesso.

A identificação dos destroços ocorreu após um grupo de resgate descer de rapel até o local do acidente, reforçando a dificuldade de acesso à região montanhosa. As quatro vítimas fatais foram identificadas como uma mãe e sua filha, de 45 e 20 anos, um amigo delas, de 41, e o piloto, de 44.

A aeronave, que partiu da cidade de São Paulo tinha como destino a Ilhabela, no Litoral Norte.


Estas são as vítimas fatais da queda do helicóptero

Letícia Rodzewics, Luciana Rodzewics, Raphael Torres de Oliveira e Cassiano Tete Teodoro

112 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page