top of page

Padrasto estupra e mata a enteada de 7 anos



Uma crime hediondo ocorreu em Itajaí na segunda-feira (30). O servidor da rede municipal de saúde de Itajaí, Marciel Medeiros, de 41 anos, matou a enteada de sete anos e ainda decepou o dedo do outro enteado, de 16 anos, durante agressões aos filhos da sua companheira. Marciel foi morto, horas depois, durante perseguição da Guarda Municipal, no bairro Portal 2.

Os crimes ocorreram após uma discussão com a esposa, na casa da família, no bairro Espinheiros.

Antes de matar a menina, ele teria estuprado a vítima, disse a PM. De acordo com informações preliminares repassadas pela 1º Batalhão da PM em Itajaí, o homem não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da vítima, de 39 anos, e por isso teria cometido os crimes. O suspeito teria cortado também os dedos do outro filho da mulher, de 16 anos.

Médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) confirmaram que a menina foi estuprada e depois degolada, informou a PM. Uma faca que teria sido usado nos crimes foi apreendida.

226 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page