top of page

Operação em Barra Velha resulta em prisão do prefeito



Na manhã desta quarta-feira (24), uma operação, batizada de "Travessia", foi desencadeada pela força-tarefa composta pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), em colaboração com o Grupo Especial Anticorrupção (GEAC) e a Polícia Científica, no município de Barra Velha. O desdobramento da ação resultou na detenção do prefeito. O foco da operação é a investigação de crimes de organização criminosa, corrupção e fraudes em licitações de obras públicas.


A operação, respaldada por oito mandados de prisão e 22 mandados de busca e apreensão, emitidos pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, foi executada nas primeiras horas da manhã. As equipes do GAECO e GEAC conduziram diligências na Prefeitura de Barra Velha e em outros locais vinculados à investigação.

O Procedimento Investigatório Criminal (PIC), sob a supervisão da Subprocuradoria Geral para Assuntos Jurídicos do Ministério Público, com apoio do GAECO, GEAC e da Promotoria de Justiça local, teve seu início em fevereiro de 2023. As investigações apontam para suspeitas de envolvimento de agentes públicos e empresários em atos de corrupção relacionados à execução de obras públicas.


Os indícios colhidos sugerem a ocorrência de vantagens indevidas recebidas por agentes públicos dos empresários contratados, mediante a utilização de aditivos em série e medições supervalorizadas.

Os detidos durante a operação serão encaminhados para audiência de custódia. A investigação permanece sob sigilo de justiça, conforme determinação legal. O desenrolar dessa ação será acompanhado de perto, trazendo atualizações à medida que a situação se desenvolve.

118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page