top of page

O que significa uma região metropolitana na prática?


Jaraguá do Sul e Guaramirim formam uma região metropolitana


A geógrafa e diretora de Urbanismo Suzane Venturin explica que uma região metropolitana é um conjunto de municípios onde as relações urbanas acontecem de maneira complementar, havendo a utilização conjunta das infraestruturas e serviços. A divisão geográfica é quase imperceptível. Alguns exemplos de regiões metropolitanas são as de São Paulo (São Paulo capital, ABC Paulista e Diadema), Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre.


A Lei Complementar estadual nº 788/2021, assinada em dezembro do ano passado, instituiu as Regiões Metropolitanas de Joinville (Joinville e Araquari); de Jaraguá do Sul (Jaraguá e Guaramirim); e do Planalto Norte (Canoinhas e Três Barras). Anteriormente Jaraguá era considerada região metropolitana de Joinville e acabava não sendo contemplada em suas necessidades específicas.


O chefe de Gabinete João Berti pondera que conquistar o status de região metropolitana traz perspectivas de visibilidade nas políticas públicas, as quais o município pleiteia. Os objetivos da lei que criou as regiões metropolitanas vão ao encontro da fala do chefe de Gabinete. Estão entre os objetivos da criação dessas regiões o planejamento regional voltado para o desenvolvimento sustentável, equilibrado e integrado das regiões, buscando a constante melhoria da qualidade de vida e o bem-estar das populações nelas compreendidas; e cooperação entre diferentes níveis de governo, mediante descentralização de recursos, bem como a articulação e integração dos órgãos e das entidades tendo em vista o aproveitamento máximo dos recursos públicos a elas destinados.

121 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page