top of page

Morre Raul Bosse, lendário goleiro do JEC


Raul Bosse em destaque numa das formações do Joinville


Às 7h40 da manhã de sexta-feira (18), uma triste notícia abalou a comunidade esportiva de Joinville. Raul Bosse, ex-goleiro do Joinville, que brilhou nos campos durante o final dos anos 70 e início da década de 80, nos deixou.


De passagem vitoriosa no JEC, seu talento chamou a atenção de um grande clube do Brasil. Raul Bosse teve um breve mas memorável período no São Paulo, no ano de 1976, quando substituiu o icônico Waldir Peres da Seleção Brasileira de 1982.

No entanto, antes de se tornar uma figura reconhecida nacionalmente, ele defendeu o América de Joinville. Seu talento e determinação o levaram a conquistar cinco títulos catarinenses pelo JEC, onde o futebol era um jogo completamente diferente.

Ser goleiro naquela época exigia coragem e destreza, especialmente para lidar com as pesadas bolas e a falta de grama na área.


Após encerrar sua carreira no futebol, Raul Bosse fez uma transição para o mundo da panificação. Estabelecendo negócios nos bairros Anita Garibaldi, Vila Nova e Nova Brasília em Joinville. Nascido em Corupá, em 11 de junho de 1945, Bosse encontrou uma nova forma de contribuir para a sociedade, moldando sua jornada com a mesma dedicação que mostrou nos gramados.


Raul Bosse estava com a saúde debilitada há um longo período. Sua coragem e determinação se mantiveram, mas, a fragilidade física acabou por prevalecer. A notícia de sua partida deixa uma lacuna na comunidade esportiva e naqueles que o admiravam.


744 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page