top of page

Mauro de Nadal eleito presidente da Alesc


foto: Rodolfo Espínola/Agência AL


Após as sessões que elegeram os integrantes da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para o biênio 2023-2025, o deputado Mauro de Nadal (MDB), novo presidente da Alesc, concedeu entrevista coletiva na Sala de Imprensa do Palácio Barriga Verde.


Questionado sobre as conversas para sua eleição, Nadal destacou que todos os partidos com representação na Assembleia tiveram seu espaço garantido na Mesa Diretora.


“Toda composição exige muita conversa, diálogo, gestos”, afirmou. “A composição que fizemos conta com a participação de todos [os partidos]. O importante é que construímos algo de consenso, algo que possa servir, com muita dedicação, aos interesses dos catarinenses.”


Com os membros da Mesa definidos, Nadal afirmou que o próximo passo será fazer a análise dos projetos que entrarem na Casa e chamar os partidos para discutir aspectos referentes à organização interna da Assembleia, para que os deputados possam exercer seus mandatos.


Sobre as comissões permanentes, o novo presidente adiantou que ainda não há definição de nomes para a presidência dos colegiados responsáveis pela análise das proposições. “Temos um processo de encaminhamento, mas não de definição de nomes. Vamos conversar para que todos possam atuar nas comissões e que tenhamos uma composição que satisfaça a vontade das bancadas da Assembleia.”


Nadal afirmou ainda que, mesmo sem receber os votos de todos os deputados na eleição para a Presidência, o Parlamento trabalhará unido, de forma harmônica. “A eleição da Mesa terminou. De agora para frente, é a unidade dos 40 [deputados]. Diferenças ideológicas sempre existiram, mas vamos construir uma política com ‘P’ maiúsculo, onde todos terão a oportunidade de manifestar seu modo de pensar, mas o que vai prevalecer é a harmonia e o bom encaminhamento.”




Apoio ao governo


Sobre uma possível participação de seu partido na base de apoio do governador Jorginho Mello (PL) na Alesc, Nadal afirmou que ainda não há definições a respeito. “É algo que ficou para depois da eleição da Mesa”, disse.


A respeito do envio de uma proposta de reforma administrativa do Executivo para a Assembleia, já anunciada por Jorginho, Nadal afirmou que a “Assembleia tem o entendimento de que se deve convalidar a proposta que fez Jorginho Mello vitorioso, dentro de critérios legais, fazendo o devido debate, mas, na essência, deve prevalecer o projeto que elegeu o governador.”




84 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page