top of page
  • Foto do escritorRDB

Letrinhas do RDB com Roberto dias Borba


Pirabeiraba chegando de mansinho


Finalista da primeira edição da Copa Interligas Vale e Norte, o Grêmio Esportivo Pirabeiraba mostra mais uma vez que tem a fórmula para se reinventar no transcurso de uma competição. Vice-líder da primeira fase, no grupo A, mas com cinco pontos de desvantagem para o blumenauense Vera Cruz, o time do peixe do distrito conseguiu sem muito alarde os resultados para estar na decisão contra o itajaiense Cidade Nova e com o crédito de ter aplicado a uma derrota no reduto do adversário.



No seu reduto, o Pirabeiraba eliminou a Sercos com goleada

foto: Bruno Pensky



Primeiro jogo da decisão em casa


A melhor campanha dos itajaienses vai forçar o Pirabeiraba sediar o primeiro jogo das finais da Copa Interligas Vale e Norte. O confronto será neste domingo, dia 8, às 15 horas, no Estádio Oscar Castella. A partida decisiva fica para a semana que vem, no dia 15, também às 15 horas, em Itajaí, no Estádio Carlos Roberto Alves. Na fase de classificação, O desempenho da Associação Comunitária Pró Morar Cidade Nova em seu estádio não foi boa. Os itajaienses perderam dois jogos e tiveram um empate.



Brincadeira de esconde-esconde


Alguém fica sabendo dos eventos da Sesporte com antecedência. É uma verdadeira brincadeira de esconde-esconde. E quando surgem estas atividades é bom perguntar qual é a aplicação prática. A última destas novidades foi a etapa nacional do Campeonato Brasileiro de Badminton 2022 que Joinville sediou na semana passada e teve sua conclusão no feriado de 1º de maio. A quadra do Centreventos Cau Hansen foi adaptada para receber os jogos de um esporte que não tem nenhuma tradição na cidade e nem possui local para ser praticado.


Badminton chegou e foi embora sem ter acrescentado em nada para o esporte de Joinville. É mais um esporte para se juntar ao atletismo, que tem uma pista de pedregulhos, ao futsal e ao handebol, que não possuem quadra com dimensões oficiais fora dos locais públicos, junto com a natação e o tênis de campo, que espera por uma piscina fora dos locais privados, ou do tênis de mesa, que precisa de ampliação do espaço da AJTM.


Badminton! Que deve ter consumido uma boa parcela do orçamento da Sesporte e não vai acrescentar em nada para o pobre esporte de Joinville e rico em talentos, e que não precisam de gestores desempregados com bagagem em eventos internacionais.



Joinville de verde-amarelo e sem pista


O atletismo de Joinville é recordista em formar campeões e ter seus destaques em seguidas convocações para competições internacionais. O esforço e o talento individuais são a marca destes vencedores formados pelos profissionais da Corville. No recente Brasileiro su-20, em São Paulo, os exemplos foram diversos. Um deles é de Lays Cristina Rodrigues Silva, 17 anos, campeã dos 100 metros com barreiras, que superou seu próprio índice, agora de 13 segundos e 69 milésimos.


Lays lidera o ranking brasileiro e sul-americano, garantindo classificação para o Pan-americano, em junho, no Rio de Janeiro. Os resultados são obtidos em pistas adequadas, enquanto os treinos são feitos sobre os pedregulhos da pista de Joinville com mais de 35 anos de uso e fora dos novos padrões para o atletismo.



Lays Cristina e o técnico Alceu


Foto: redes sociais


Vencedores em insistência e persistência


Na temporada de 2021, o atletismo de Joinville esteve presente nas formações das diversas categorias das seleções brasileiras com oito de seus atletas. Neste ano, ainda no quarto mês, já são seis convocações. O biótipo do joinvilense permite formar esta sequência de campeões. O que falta é uma pista com piso sintético. A persistência dos atletas, junto com seus treinadores – todos com história e histórico no atletismo, é o fator que faz com que esqueçam das dificuldades.


Juan Anding, primeiro no lançamento do disco (52m48), e Mariana Muller, primeira no salto triplo (12m55) e terceira no salto em distância (5m82), completam os joinvilense que subiram no lugar mais alto do pódio do Brasileiro sub-20. Enquanto Otávio Henrique Vicente, segundo nos 10 quilômetros de marcha atlética (44min43s22) e Leonardo Mendes, segundo nos 400 metros com barreiras (53s39) também brilharam na competição no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, em São Paulo.



Perto da conquista do mundo


A etapa nacional da Copa do Mundo de Futsal sub-21, disputada em Dourados-MS, teve como vencedor o JEC Futsal. O título foi conquistado de maneira invicta, com os joinvilense vencendo todos os sete jogos disputados. Na decisão, o tricolor superou o Corinthians Paulista por 6 a 5, o mesmo adversário que havia derrotado na fase de grupos por 5 a 2.


A conquista no Mato Grosso do Sul garante o JEC Futsal na fase mundial, prevista para Paranaguá, no Paraná. O investimento nas categorias de base repercute positivamente com um resultado desta envergadura e permite garimpar “em casa” novos talentos para o time profissional.



JEC Futsal comemora a conquista em Dourados


Foto: site www.jec.com.br


Vôlei sacando alto e forte


As equipes do masculino e feminino da Avojoi (Associação de Voleibol de Joinville) atuaram na semana passada, em Novo Hamburgo-RS, do 23º Festival Mercosul. O sexteto masculino se destacou e garantiu o troféu de campeão da série Prata da categoria sub-17. E ainda teve Caio Kloppel como destaque na posição de levantador.




Sub-17 masculino da Avojoi campeão em Novo Hamburgo



Um invicto e uma surpresa na decisão


A 13ª edição da Copa Teté tem a decisão prevista para este sábado, dia 17, às 15 horas, no Estádio Osvaldo de Oliveira Cercal. O confronto decisivo estará envolvendo o Nego Buja, invicto na competição, e o Grande Família, que veio passando de fase sem ser notado e mostrando um time aplicado.


Nas semifinais, o Nego Buja superou o Pará. No tempo normal houve empate em 1 a 1, com a vaga sendo decisida nos pênaltis, com vitória do NB por 7 a 6. No outro jogo, o Grande Família venceu o União do Oeste por 1 a 0. O PVC Trade/Juventus, base do Moleque Travesso do Iririú para a Primeirona, considerado um dos favoritos, perdeu nas quartas de final para o União do Oeste.



Decisão inigualável com sonora goleada


Jogo de decisão é sinal de poucos gols. Desta vez, na final da 6ª Copa Vila Nova, foi diferente, com o Nordeste aplicando 9 a 1 no Águas Vermelhas. O Nordeste vinha da conquista da 1ª Taça Agricultores do Vila Nova e agora garante a 6ª Copa e mostra que é soberano no futebol da região oeste de Joinville.


Na disputa de terceiro lugar, o União da Estrada Blumenau garantiu a medalha de bronze ao vencer o Tigres por 2 a 1. O Nordeste teve também o artilheiro do certame, com Cleverton Tales marcando 11 gols



São Paulo reinando em Araquari


Três meses depois do pontapé inicial, o Campeonato Municipal de Araquari conheceu no final de semana o campeão da temporada 2022. O São Paulo garantiu o título ao venceu na decisão o Tigres por 2 a 0. Na disputa de terceiro lugar, o Desportivo CSA/Tegma ficou com a prata ao vencer a Ponte Preta por 2 a 0. Os dois jogos ocorrem no novo Estádio Municipal de Futebol Djalma José da Conceição.


209 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page