top of page

Coleta de lixo: Joinville é alvo de investigação

Operação mira irregularidades em serviços de coleta de lixo em 5 cidades

foto: MPSC


O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), cumpriu sete mandados de busca e apreensão na última sexta-feira (17), como parte da 2ª fase da Operação "Coleta Seletiva". A operação investiga irregularidades na prestação de serviços de coleta de lixo reciclável e orgânico residencial.


De acordo com o MPSC, as ações ocorreram em cinco municípios diferentes do estado: Trombudo Central, Florianópolis, Joinville, Pouso Redondo e Taió. A suspeita é que um concurso para a contratação dos serviços de coleta de lixo tenha favorecido a empresa vencedora, comprometendo o caráter competitivo da disputa e tornando ilícito o processo licitatório. O Ministério Público apontou problemas como "itens específicos no edital, inabilitação inadequada de concorrentes e rejeição genérica de recursos administrativos por parte dos demais participantes".


A primeira etapa da operação foi deflagrada em outubro de 2023, quando foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em Trombudo Central, Lontras e Otacílio Costa.

326 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page