top of page

Joinville perde o posto, mas não a majestade

Tome Nota com Enio Alexandre

Joinville é a 25ª cidade mais rica do Brasil


As paisagens econômicas de Santa Catarina estão passando por transformações e o pódio das cidades mais ricas do estado viu sua hierarquia ser alterada. Os dados do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021, divulgados pelo IBGE, revelam que Joinville perdeu o título de cidade mais rica para Itajaí, enquanto ambas se destacam entre as 25 mais ricas do país.


Itajaí, a cidade portuária do Litoral Norte Catarinense, emergiu como protagonista desse cenário, subindo do 28º para o 23º lugar no ranking nacional, com um PIB de R$ 47,7 bilhões. Joinville, por sua vez, manteve-se na 25ª posição, registrando um PIB de R$ 45 bilhões, mesmo patamar de 2020.


O avanço de Itajaí, impulsionado pela pujança de seu porto e a atração de negócios, demonstra uma dinâmica econômica intensa na região. Porém, é importante salientar que Joinville não se viu relegada, mas sim que outras localidades estão buscando novas oportunidades.


A cidade, ciente da crescente atratividade de municípios vizinhos como Araquari, vem enfrentando um movimento migratório de empresas, inclusive um clube de futebol, o Nação, que escolheu transferir sua sede para Araquari. Isso instiga uma reflexão sobre a necessidade de Joinville não apenas atrair novos empreendimentos, mas também manter os já existentes.


A atual gestão municipal se encontra diante do desafio de não só fomentar o ambiente de negócios local, mas também garantir agilidade administrativa para a manutenção da competitividade das empresas que escolhem a cidade como lar. Contudo, a arrecadação, por si só, não é suficiente; a comunidade joinvilense clama por uma contrapartida efetiva do estado e da União.


A infraestrutura da cidade carece de atenção, como evidenciado pela situação do prédio da Universidade Federal na Curva do Arroz, agora em ruínas. Além disso, a segurança pública, saúde e educação necessitam de investimentos significativos. Joinville, a 25ª cidade mais rica do estado, precisa de mais do que uma posição no ranking; necessita de investimentos concretos que revertam em melhorias tangíveis na qualidade de vida de seus habitantes.


Um clamor por um grande hospital na zona sul, especializado em traumas ou tratamento de câncer, é apenas um exemplo dos desafios que a cidade enfrenta. Joinville, como locomotiva arrecadadora de recursos em Santa Catarina, merece uma atenção redobrada para continuar a prosperar e oferecer uma vida digna aos seus cidadãos. A cidade mais populosa do estado deve receber não apenas o título, mas também os investimentos e recursos necessários para sustentar e elevar seu padrão de vida.





208 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page