top of page

Joinville passa a contar com mais 140 câmeras para monitoramento da cidade



O prefeito Adriano Silva, a vice e secretários municipais receberam na tarde de quinta-feira (23/6) representantes do Grupo Khronos para a assinatura de um termo que oficializa a cessão das imagens de 140 câmeras de monitoramento, que agora poderão ser acessadas pela equipe técnica da Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública (Seprot).


“O fato de podermos utilizar as imagens das câmeras já instaladas na cidade é um ganho na segurança para o joinvilense. São 140 câmeras que vão ser integradas nesse sistema e o nosso núcleo de inteligência vai poder utilizar essas imagens em caso de investigação, mitigação e prevenção de crimes na cidade”, afirma o prefeito Adriano Silva.


“Essa parceria com a iniciativa privada é importantíssima para que o Executivo Municipal amplie o alcance de monitoramento das áreas públicas. A partir de agora, em situações que exijam conferência de câmeras de monitoramento, a Seprot poderá acessar mais essas para averiguar”, detalha o secretário Paulo Rogério Rigo.


O convênio, gratuito para a Prefeitura, funcionará da seguinte maneira: a empresa catarinense disponibilizará o seu sistema “Khronos ao Vivo”, que permite que a Seprot tenha login e senha para acessar câmeras dos seus clientes que estejam em locais privados, mas que monitoram locais públicos.


“É um compromisso da Khronos conectar tecnologicamente o cidadão com a segurança, permitindo o estreitamento da relação entre estas duas pontas e uma maior cobertura na área de proteção”, explica Lucas Corrêa de Souza, diretor de negócios do Grupo Khronos.


Reconhecido com o Top de Marketing do ano passado por seu caráter de segurança colaborativa, o “Khronos ao Vivo” se consolidou no mercado e, atualmente, opera nos estados de Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná.


Atualmente, a Secretaria de Proteção Civil e Segurança Pública da Prefeitura de Joinville conta com a cessão de câmera da iniciativa privada. “Nós inclusive estimulamos que essa parceria seja ampliada com as demais instituições que tenham câmeras, pois o resultado é a contribuição para o aumento da segurança na cidade como um todo”, reforça Rigo.

110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page