top of page

Joinville é "campeã" de dengue no Brasil



Joinville lidera o ranking de mortes por dengue no Brasil em 2023, com 36 óbitos e mais de 30 mil casos registrados no município. A cidade está enfrentando uma epidemia da doença. Londrina (PR) ocupa o segundo lugar da lista, com 29 mortes, seguida por Presidente Prudente (SP) com 23 óbitos, Foz do Iguaçu (PR) com 22 e Uberaba (SP) com 15, conforme dados do Ministério da Saúde atualizados em 25 de julho.


O fato de estarmos no inverno, período em que normalmente as notificações de dengue diminuem, torna a situação ainda mais preocupante. A diretora da Secretaria da Saúde de Joinville, Fabiana Almeida, afirma que a dengue ainda não possui um tratamento específico, e isso pode dificultar o combate à doença. Além disso, a falta de notificações nos anos anteriores pode explicar o aumento no número de casos e óbitos em 2023, já que a doença é considerada "nova" no Estado e suas complicações podem ser difíceis de serem identificadas.


A evolução benigna da doença pode levar algumas pessoas a tratá-la em casa, muitas vezes com automedicação, o que pode agravar rapidamente o quadro. A infectologista Sabrina Sabino ressalta que a letalidade da dengue pode estar sendo agravada por uma segunda onda da doença no Estado, já que uma reinfecção pode levar à morte. Quando uma pessoa é infectada novamente pelo vírus da dengue, os sintomas podem ser mais leves, mas a gravidade da doença é maior, tornando a situação mais perigosa.






124 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page