top of page

JEC volta a ser campeão estadual

O goleiro Willian se despediu da torcida em Joinville com o título da Série Ouro

foto: Juliano Schmidt/JEC


Na tarde de domingo (10), o Centreventos Cau Hansen foi palco da final da Série Ouro do estadual de futsal, quando o Joinville venceu o Jaraguá pelo placar de 2 a 0, assegurando assim o título. Mais de 3.400 torcedores lotaram as arquibancadas, impulsionando o JEC rumo à vitória e testemunhando a quebra de um longo tabu, já que o Tricolor nunca havia vencido o Aurinegro em casa numa final estadual.


Este triunfo não apenas coroou o Joinville como campeão estadual pela primeira vez desde 2020, mas também marcou a oitava conquista estadual do clube.

Com essa vitória, o Joinville garante sua participação na Taça Brasil de Futsal em 2024, representando o estado de Santa Catarina. Enquanto isso, o Jaraguá conquistou uma vaga na Copa Sul 2024.


O jogo


O primeiro tempo foi dominado pelo JEC, que pressionou desde o início. Nos cinco minutos iniciais, a equipe da casa impôs-se com três grandes chances de gol, todas defendidas brilhantemente por João Neto, que, ao longo da partida, salvou o Jaraguá em pelo menos cinco ocasiões.

Por sua vez, o Aurinegro não conseguiu impor sua pressão sobre o JEC, permitindo inclusive que Willian se aventurasse como goleiro-linha em alguns momentos, especialmente nos minutos finais.


A segunda etapa começou mais equilibrada, porém João Neto continuou realizando boas defesas. Contudo, após uma dessas defesas, o rebote permitiu a Rafinha, dentro da área, abrir o placar aos cinco minutos, marcando o primeiro gol do jogo.

Posteriormente, Tiago substituiu João Neto em momentos pontuais para atuar como goleiro-linha, mas essa estratégia acabou sendo prejudicial ao Jaraguá. A menos de sete minutos para o término do jogo, Tiago tentou um passe para Caio no meio da quadra, mas Rafinha antecipou-se, interceptou o passe e, com o gol vazio, ampliou o placar.

Apesar do esforço do Jaraguá, que inclusive apostou em Caio como goleiro-linha nos momentos finais, a noite era de Willian, que encerrou sua trajetória em Joinville com uma exibição magnífica, impedindo qualquer tentativa de gol por parte do Aurinegro.


Essa vitória no clásssico não apenas consagrou o Tricolor como campeão catarinense, mas também marcou a despedida do goleiro Willian, um ícone que dedicou uma década ao clube, deixando um legado de glórias e inúmeras defesas memoráveis no coração dos torcedores.

Agora, os olhos se voltam para a final da Liga Nacional de Futsal, onde o Joinville enfrentará o desafio mais importante da temporada contra o Atlântico.




113 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page