top of page

Homem que atropelou e matou jovem após assediá-la é condenado


Carro utilizado para atropelar a vítima


Foi condenado a mais de 22 anos de prisão o homem que jogou o carro contra uma jovem e a matou atropelada em Itajaí, após assediá-la. O júri popular, ocorreu na quarta-feira (9). Vanessa Tamyres de Oliveira Machowski, que tinha 18 anos, foi esmagada contra um caminhão parado.


Juciano Marinho Gomes, de 37 anos, foi condenado a 22 anos, dois meses e 23 dias de prisão por homicídio triplamente qualificado por feminicídio, motivo torpe e sem possibilidade de defesa da vítima. Ele também dirigia embriagado.


O crime aconteceu em 10 de outubro de 2021, em frente à casa do namorado da vítima, no bairro Cordeiros. O homem estava preso preventivamente desde estão.


Segundo a denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), Vanessa conversava na porta do caminhão do namorado, de 21 anos na época, que estava dentro da cabine. Nesse momento, Juciano passou de carro pelo casal e assediou Vanessa verbalmente.


O namorado de Vanessa saiu da cabine do caminhão. O denunciado, então, parou a alguns metros de distância e os dois discutiram. Conforme o texto, Juciano deixou o local e, 20 minutos depois, voltou com o carro em alta velocidade, acelerando em direção à vítima, que ficou prensada contra o veículo do companheiro.

130 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page