top of page
  • Foto do escritorRDB

Futsal joinvilense na rota dos grandes eventos

LETRINHAS DO RDB com Roberto Dias Borba



O futebol de salão de Joinville inicia o ano de 2022 de uma forma bem diferente. Seria melhor dizer que se trata de um início de temporada como nunca se viu por aqui. A direção da Liga Joinvilense de Futebol de Salão, sob o comando do jovem e entusiasta Mario Pereira, consegue colocar a modalidade no devido lugar que sempre ocupou, mas nos últimos tempos ficou esquecido e adormecido nas glórias do passado.


O Aberto de Verão Cidade de Joinville, em disputa do Troféu Ideraldo Luiz Marcos, estará reunindo 18 equipes, muitas delas de cidades da região, sob o teto do tradicional Palácio dos Esportes, o atual Ginásio Abel Schulz. É a maneira de realizar um evento que ocorre com naturalidade nas cidades litorâneas e também de diferentes regiões do estado.


O atrativo principal é a premiação em espécie, além dos participantes não precisarem desembolsar nenhum valor com a taxa de arbitragem. A previsão inicial era para envolver 16 times, mas chegaram dois a mais e os 18 envolvidos estarão distribuídos em seis grupos, cada um com três equipes.


Os jogos serão realizados durante a semana e aos sábados à tarde, com transmissão de um confronto em televisão aberta. Os seis grupos da fase de classificação estão assim compostos. Grupo A - Maxcar/Decorville, Furacão 2000/Cantareira RN e Boleiros Beach Futsal. Grupo B - Verde Teto, Desportivo Leste e Descubra. Grupo C - Nelsinho Lataria, Misturados e STM/Quadra do Sid. Grupo D – Faseboa, Ceppli e TESJI/Furacão. Grupo E - Esporting RN, Bella Art Futsal e Start. Grupo F - Evolution Futsal, Pernas de Pau Campo Alegre e Ambalit.


A competição inicia no próximo sábado, dia 29, e com a previsão de encerramento no dia 10 de março, culminando com os festejos do aniversário de fundação de Joinville.


Os participantes do Aberto de Verão Cidade de Joinville no acesso ao Ginásio Abel Schulz antes do congresso técnico


Foto: Divulgação/LJFS



Cinquentões solidários


Quando a idade pesa, a experiência passa a fazer parte do jogo e os passos das pessoas em sua volta. Esta modalidade que o futebol tem administrado nestes tempos de muitas dificuldades é a solidariedade. Um destes exemplos tive a oportunidade de acompanhar de fora das quatro linhas e registrar as jogadas e a maestria de nossos craques. O jogo foi Porto 3 x 3 Amigos do Jamil (a base do Atlanta para o campeonato de cinquentão deste ano), no aprazível campo do Ouro Verde, um santuário ecológico do bairro Vila Nova. A próxima etapa de solidariedade está prevista para este domingo, dia 23, às 15 horas, no CT Irineu, no Cubatão. As equipes dos veteranos da Sociedade Irineu e o Grupo de Ação Social Jogando com Fé entram campo para dar sua parcela de contribuição para reunir recursos visando custear o tratamento da jovem Estefani, que tem câncer de útero.


As equipes do Porto e Amigos do Jamil reunidas para o jogo da solidariedade

Foto: RDB




Sesporte nos campos da periferia


Os clubes filiados à Liga Joinvilense de Futebol são os que mais aguardam por um aporte do poder público para continuarem disputando competições oficiais. E o que dizer das agremiações varzeanas, que passaram os dois últimos anos de mãos abanando à espera do Copão Kurt Meinert. Tudo indica que cada uma destas aspirações deverão ficar bem engavetadas, mas serão nos campos da periferia que novos e velhos políticos estarão neste ano, mais uma vez, procurando os atônitos e desinformados eleitores para cabalar os votos para passarem quatro anos na mais absoluta distância do pobre povo.


A Sesporte precisa dar sinal que está existindo e vir a público para mostrar seus objetivos e planos. Poderia começar a dar explicações em cada um dos campos que estão atraindo times e torcedores em diferentes torneios e eventos, como na Copa Vila Nova, que serve de prévia para o início da temporada de muitos times varzeanos, e na Copa Teté, uma mostra do que serão os campeonatos da LJF. Está na hora da Sesporte sair do casulo ir de encontro do povo ou que entreguem a chave e deixem de gastar o dinheiro do contribuinte.



Vila Nova entra no jogo


As 12 equipes que disputarão a Copa Vila Nova na edição 2022 estão só no aguardo da primeira rodada, prevista para o dia 13 de fevereiro. Os confrontos da fase inicial ficam entre os times do mesmo grupo. Após cinco datas-rodadas, os quatro primeiros colocados de cada grupo fazem os confrontos das quartas-de-final, no dia 27 de fevereiro. As semifinais estão previstas para 3 de abril. A superdecisão fica para 10 de abril.


Na primeira fase, o grupo A estará reunido as equipes Nordeste, Avaí, Tigres, Patriots, União Blumenau e Geração. No grupo B estão Independente, Águas Vermelhas, Revolucionário, J. United e União Nacional. Os jogos estão previstos para três campos, todos na região do bairro Vila Nova – Avaí (Estádio Carlos Stamm), União da Estrada Blumenau e Anaburgo.



Copa Teté


O homenageado pela segunda edição seguida estará acompanhando de um camarote num plano superior, mas recebeu em vida o carinho e o reconhecimento por tudo o que fez pelo futebol amador de Joinville e, especialmente, em defesa do Aviação. É assim que na próxima quarta-feira, dia 26, às 19h30, será realizado o congresso técnico da Copa Teté, uma justa homenagem a Osvaldo de Oliveira Cercal.


Nesta edição, o torneio estará ganhando mais dois participantes, passando para 10 times. O que se espera que se repita nesta competição a presença de times que aproveitam a Copa Teté para dar ritmo e entrosamento aos elencos que estarão atuando nas principais séries da Liga Joinvilense de Futebol.



Copa Leste-Norte


Na noite desta terça-feira, dia 18, a partir das 19h30, a Federação Catarinense de Futebol estará realizando o arbitral da competição que estará englobando todas as ligas numa única competição. A Copa Leste-Norte, que substituirá a Copa Norte, estará envolvendo os filiados das ligas de Joinville, Blumenau, Luiz Alves, Pomerode e Itajaí. E assim diminuindo a quantidade de fases eliminatórias para apontar os finalistas do certame estadual de futebol amador.


A Copa Norte surgiu em 2004 e teve a sua última edição em 2018. Os representantes da LJF foram os maiores vencedores, conquistando o título em 11 edições, com outras duas vitórias dos representantes de São Bento do Sul e mais duas de Jaraguá do Sul. O América de Joinville foi campeão em seis temporadas, seguido da Tupy com três troféus de campeão.



Basquete de Joinville no Sul-americano


Duas atletas do JEC/Ginástico estão entre as pré-convocadas para a seleção uruguaia da categoria sub-18 que estará disputando o Sul-americano no próximo mês de abril. Maite Pereira e Lucia Auza são as atletas da equipe joinvilense que foram chamadas para defender o país vizinho nesta competição. O trabalho do treinador Fabiano Borges vem mostrando bons resultados e fortalece os objetivos para esta temporada, procurando repetir a campanha positiva de 2021.



221 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page