top of page
  • Foto do escritorRDB

Futsal em busca de novos horizontes

LETRINHAS DO RDB com Roberto Dias Borba


Os tempos áureos já estão bem distantes. O futebol de salão de Joinville está em busca de mudanças. Para isso, a Liga Joinvilense de Futebol de Salão está lançando a ideia de um grande evento para iniciar a temporada e ter a oportunidade de organizar um evento que tenha a participação e o interesse de equipes e do público. As inscrições encerram na próxima segunda-feira, dia 17, quando também será realizado o congresso técnico, às 19h30.

A LJFS limitou em 16 equipes e já estão pré-inscritas 14 agremiações. A competição deverá ocorrer a partir do final de janeiro e com a conclusão no dia 9 de março, nas comemorações dos 171 anos de fundação de Joinville. As inscrições, o congresso técnico e os jogos serão concentrados no Ginásio Abel Schulz.

As inscrições terão o custo de 800 reais por equipe, que estarão isentas de taxa de arbitragem.

O evento deverá levar o nome do patrocinador, que ainda não está definido, e estará prestando uma homenagem a um grande desportista joinvilense. A novidade está na premiação em dinheiro. Caso completem as 16 vagas, o valor a ser distribuído entre os participantes ficará em 15 mil reais. Os times pré-inscritos são EC Ceppli, STM/Quadra do Sid, Verde Teto FC, Nelsinho Lataria, Faseboa, Pernas de Pau Campo Alegre, Desportivo Leste, CRC Futsal, Maxcar/Decorville, Furacão 2000/Cantareira RN, Evolution Futsal, Boleiros Beach Futsal, Bella Art Futsal e VIP Futsal. Caso todos confirmem suas presenças, apenas duas vagas estarão disponíveis. As confirmações ficam para o congresso técnico, assim como o nome do evento com um patrocinador máster.


Mário Pereira, presidente da LJFS, tenta iniciar uma nova fase no futsal de Joinville

Vila Nova no gramado

A Copa Vila Nova envolverá 12 times do oeste e mostra como o mapa do futebol de Joinville está cada vez mais regionalizado. A procura por estas competições é um sinal que alguém está ficando a dever. Esta dívida com o futebol varzeano é por parte da Sesporte, sucessora da Fundação de Esportes, que realizava o maior evento com estas agremiações e ficou nos últimos dois anos escondida por conta da pandemia.

Na região do bairro Vila Nova o futebol estará de volta aos campos a partir do dia 13 de fevereiro. Na primeira fase, em cinco datas, os 12 times estarão distribuídos em dois grupos, ocorrendo confrontos apenas entre eles nos grupos. Os quatro primeiros colocados de cada grupo passam para os cruzamentos das quartas de final, depois quatro chegam nas semifinais e os dois melhores estarão decidindo o título.

Os detalhes foram definidos na reunião da última segunda-feira, dia 10, com a presença dos representantes dos 12 times, ficando definido que a arbitragem de todos os jogos ficará a cargo da Liga Joinvilense de Futebol.




Os comendadores que Joinville não tem

A pandemia escondeu muitas coisas e que inclui também as ações no esporte. É o caso da escolha dos comendadores do esporte catarinense, uma tarefa do Conselho Estadual de Desportos (CED), que não tem um representante desde o falecimento de Carlos Luiz Weber. Os nomes que poderiam receber esta honraria são de desportistas de uma época distante, como Nelson Eisenhut, o Mima, um dos expoentes do basquete, e Antônio Carlos dos Reis, o Batata, goleiro de qualidades que não se encontram nos guarda metas do futsal da atualidade, ou mesmo um atleta olímpico do calibre de Eduardo Fischer, além de muitos outros que precisariam ser lembrados mesmo em homenagens póstumas. Nomes é o que o esporte de Joinville sempre teve e o que falta o CED saber pesquisar o que nunca fez.

As novidades na LJF em 2022

A temporada está começando com a promessa de boas novas para o futebol amador de Joinville. Com este contexto, a Liga Joinvilense de Futebol deverá não trazer nenhuma novidade, mas voltar a fazer o que nunca deveria ter abandonado. Uma das novidades que de novo não tem nada é a volta às vistorias dos campos em que estarão recebendo jogos pelos diversos campeonatos.

As normas de segurança devem ser as mais importantes nestas vistorias. E tudo pelo fato que os tempos são outros. Sou da época em que os árbitros chegavam com a maior tranquilidade nos mais distantes campos com suas possantes bicicletas, e ainda atuavam sem a ajuda dos bandeirinhas. O momento atual é de uma ebulição com qualquer xingamento ou com os ânimos mais acirrados. É ai que a equipe da LJF nestas vistorias deve olhar este item com a maior atenção e cuidado. A dimensão de cada campo, que é uma curiosidade que tenho há muito tempo, não pode ser alterada, mas que fique bem explicado de uma vez por todas.

A volta de quem nunca foi embora

O JEC Futsal providenciou mudanças em sua comissão técnica um dia depois de perder o título do campeonato catarinense. O treinador que chega é Paulinho Gambier, que na verdade nunca ficou ausente da cidade. É que este profissional de educação física tem sua base familiar em Joinville. Em 2008 e 2009 fez parte do início deste projeto e que tem agora a oportunidade de mostrar o aprendizado que adquiriu ao longo destes últimos 13 anos com diversas atuações no futsal internacional. LETRINHAS DO RDB com Roberto Dias Borba

257 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page