top of page

Elon Musk: extinção dos italianos?


No ano passado, a Itália registrou a taxa de natalidade mais baixa de sua história



De acordo com a Agência de Notícias Bloomberg, Elon Musk - o homem mais rico do mundo afirmou que - “teme que os italianos possam ser extintos, se continuarem com uma das menores taxas de natalidade do mundo”.

“A Itália vai deixar de ter pessoas se essas tendências continuarem”, escreveu o fundador da Tesla, nas redes sociais alertando para “os perigos do despovoamento global”.


Segundo a mesma agência, Musk estava respondendo a um tweet do investigador italiano de segurança cibernética Andrea Stroppa, depois deste ter publicado um gráfico de tendências demográficas do país, que mostra tendência de queda da taxa de natalidade, que já dura há décadas.


De acordo com o instituto de estatística italiano Istat, no ano passado, o país registrou a sua taxa de natalidade mais baixa de sua história (com pouco mais de um filho por mulher). Ou seja, Itália contou sete recém-nascidos e 12 mortes por mil habitantes em 2021. Apesar da maior responsável ter sido a mortalidade por Covid-19, o instituto esclareceu que a população do país caiu 20% até 2020, ou seja, menos 12 milhões de pessoas.



O bilionário sul-africano está preocupado com a baixa taxa de natalidade na Itália


“A maioria das pessoas acredita que temos gente demais no planeta. Essa é uma visão desatualizada”, afirmou Musk na Conferência Mundial de Inteligência Artificial em Xangai que decorreu em 2019. “Supondo que a IA esteja bem e que haja uma IA benevolente, o maior problema que o mundo enfrentará em 20 anos é um colapso populacional”, acrescentou na altura.

93 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page