top of page

Computador “prevê” fim da humanidade


Um grupo de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em Cambridge nos Estados Unidos, ordenou a um supercomputador que avaliasse o crescimento futuro da população. Sua resposta, no entanto, foi muito além, já que ele também calculou quando seria o fim da civilização.


Segundo a tecnologia, o fim da humanidade vai ocorrer entre 2040 e 2050. O colapso seria causado pela expansão da população e da indústria, pelos níveis de poluição e pela finitude dos recursos naturais.


ONU alerta sobre ponto de "não retorno" para a Terra em 2030


Em 2021 durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), um alerta foi divulgado sobre as mudanças climáticas. O relatório trás um alerta sobre o aquecimento global, que pode ser irreversível entre 2040 e 2050.


A previsão foi feita por um programa chamado World One, criado sob encomenda por Jay Forrester, pioneiro da computação. Ele foi contratado pelo Clube de Roma para modelar o como o mundo poderia sustentar seu crescimento de forma eficaz.


Mundo terá calor recorde até 2027 e menos chuva na Amazônia


Esse clube é uma organização composta por pensadores, ex-chefes de estado, cientistas e burocratas da ONU que se reuniram com a missão de “promover a compreensão dos desafios globais que a humanidade enfrenta e propor soluções por meio de análise científica, comunicação e defesa”.




190 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page