top of page

Caminhada contra o aborto em Joinville

Maior parte dos brasileiros é contra a descriminalização do aborto

Por todo o Brasil haverá protestos


O Brasil está dividido, com contrários e favoráveis. A decisão será do Supremo Tribunal Federal, que terá de pacificar questões morais, jurídicas, de saúde pública, teológicas e até filosóficas sobre o tema.

A questão pode ter diferentes abordagens, mas ao final o que prevalecerá é a posição dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal, a quem restou a decisão diante da indefinição do Legislativo, após os parlamentares se esquivarem de 195 propostas que se encontram em tramitação.


Caberá ao STF a descriminalização ou não de artigo do Código Penal proibitivo que vigora desde 1940. E isso divide a opinião dos brasileiros - 43% são contra a legalização e 39%, a favor, na pesquisa da Ipsos


Caminhada


Em Santa Catarina os contrários ao aborto estão se mobilizando. O Movimento Direita Joinville (MDJ), está promovendo e convocando a comunidade para a 'Caminhada em Defesa da Vida', que acontece neste domingo (8), com a concentração marcada para às 15 horas, na Praça da Bandeira, no Centro da Cidade. A ação deve mobilizar ativistas de Joinville e toda região Norte do Estado.


A manifestação é abrangente, não associada a uma religião particular. A escolha do Fórum de Joinville para encerrar a caminhada não foi casual. No momento em que o Supremo Tribunal Federal vai analisar o assunto, o grupo argumenta para justificar o protesto, que a Suprema Corte está assumindo uma prerrogativa que é de competência do Congresso Nacional.


Com a iniciativa o MDJ quer deixar clara sua indignação com a situação e também marcar posição sobre o aborto. Os organizadores da caminhada pedem aos simpatizantes que vistam camisas brancas, empunhem bandeiras do Brasil e que levem balões na cor branca e cartazes.

609 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page