top of page

Brasil perde para Argentina após brigas

Este foi o terceiro revés consecutivo da Seleção nas Eliminatórias

foto: CBF


A Seleção Brasileira foi superada pela Argentina por 1 a 0 na noite de terça-feira (21), no Maracanã, pela sexta rodada das Eliminatórias do Mundial de 2026. Apesar do revés, a equipe fez uma boa apresentação, teve mais volume de jogo e criou mais chances que o rival.


No primeiro tempo, a partida foi muito intensa, com forte marcação de ambos os lados. A Seleção Brasileira teve o mérito de impedir que o setor de criação da Argentina funcionasse. Messi não dispunha de liberdade para tentar suas jogadas.


Enquanto isso, a equipe nacional buscava sair rápido para o ataque a fim de surpreender o adversário.


Martinelli, inspirado, era uma ótima opção pelo lado esquerdo. Ele levou perigo várias vezes à meta da Argentina. Por duas vezes, quase fez o gol, evitado em boas defesas de Emiliano Martinez.


Raphinha também teve um bom momento já nos minutos finais da etapa inicial, numa cobrança de falta perto da área. A bola desviou na zaga e quase enganou o goleiro.


No intervalo, Marquinhos deu a vaga para Nino. Foi a estreia do zagueiro do Fluminense na Seleção Brasileira.


A equipe comandada por Fernando Diniz manteve o ímpeto no segundo tempo. Dava trabalho para os defensores da Argentina. André se desdobrava no meio e ajudava bastante a dar segurança ao setor.


Na frente, a movimentação constante do ataque surtia efeito. Raphinha teve nova chance e Emiliano Martinez salvou novamente.


Mas a melhor oportunidade esteve nos pés de Martinelli, após boa jogada individual de Gabriel Jesus pela esquerda. Ele perdeu o gol, sem marcação, diante do goleiro, que fez nova defesa.


A torcida que lotou o Maracanã sentia o bom momento e incentivava o time. Foi quando saiu o gol da Argentina aos 17 minutos, numa cabeçada de Otamendi.


Logo depois, Diniz trocou Gabriel Magalhães por Joelinton e Raphinha por Endrick, mudança esta aprovada pelo público, que recebeu o atacante do Palmeiras com aplausos.


Bruno Guimarães sairia em seguida para dar vez a Douglas Luiz, assim como Martinelli, substituído por Raphael Veiga.


A Seleção tentou reagir e lutou até o fim, mesmo com um jogador a menos – Joelinton foi expulso aos 36 minutos. No entanto, não conseguiu o empate.


Pancadaria no Maracanã


Uma pancadaria generalizada no Maracanã atrasou o início de Brasil x Argentina pelas Eliminatórias. A confusão entre brasileiros e argentinos se deu no Setor Sul, que misturava as torcidas dos dois países.


Segundo a transmissão da TV Globo, brasileiros vaiaram o hino da Argentina, o que iniciou a pancadaria. A Polícia Militar entrou em ação e intensificou as cenas de brigas.


Nas imagens da transmissão, foi possível ver diversas pessoas feridas e cadeiras arremessadas no Maracanã. Pelo menos oito pessoas foram presas e duas atendidas no posto médico do estádio.

104 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page