top of page

‘Balão espião’ chinês é abatido pelos EUA



O exército norte-americano abateu, no sábado(4), um suposto “balão espião” chinês que sobrevoava diferentes partes do país. Segundo uma fonte ouvida pela CNN norte-americana, os militares utilizaram um jato de combate F-22 da Base Aérea de Langley, no estado da Virgínia, que disparou um único míssil contra o balão.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, parabenizou os militares envolvidos na ação. “Eles derrubaram com sucesso, e quero parabenizar nossos aviadores que fizeram isso. Eles fizeram sem causar danos a ninguém no solo”, declarou Biden.


Na esteira do imbróglio entre os dois países, Washington sugeriu a implantação de mísseis de médio alcance no Japão como parte dos esforços para reforçar as defesas de países aliados, contra possíveis agressões no Mar da China Meridional.


Outras armas de longo alcance, como mísseis Tomahawks, também são consideradas como possíveis equipamentos a serem implementados.


Reação Chinesa


Autoridades chinesas continuaram defendendo que o balão era “apenas” um dirigível civil para fins de pesquisa meteorológicas que desviou de seu curso. O governo de Pequim negou qualquer alegação de espionagem e classificou a ação dos EUA de “um ato irresponsável”, além de “uma óbvia reação exagerada e uma séria violação da prática internacional”.


A China garante que atos como esse garantem ao país comunista o direito de “tomar ações futuras” semelhantes em outro casos.


A descoberta do ‘balão espião’ chinês


O Departamento de Defesa dos Estados Unidos identificou um balão espião da China sobrevoando o espaço aéreo norte-americano. O pentágono divulgou a informação na quinta-feira, 2.


O general Pat Ryder, porta-voz da Defesa norte-americana, disse que o balão está voando a uma altura bem superior a do tráfego aéreo comercial e não representa uma ameaça à aviação civil.


Ele também explicou que não é a primeira vez que um balão desse tipo é visto sobre os Estados Unidos.




118 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page