top of page

Araquari anuncia volta do período integral para crianças de 4 meses a 3 anos



A Prefeitura de Araquari, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), anunciou a retomada das aulas integrais — nos dois turnos — para alunos de 4 meses a 3 anos, 11 meses e 29 dias de idade matriculados na rede municipal de ensino. O edital com as regras para matrícula foi publicado ontem, 26, no Diário Eletrônico do Município.


Segundo a SME, a expansão anunciada inclui 18 Centros de Educação Infantil (CEIs) da rede municipal. Ainda de acordo com a pasta, essas unidades passarão a oferecer aulas em período integral a partir deste ano. O atendimento será de até 8 horas diárias, com horário de entrada entre 7 e 9 horas, sendo: entrada às 7h, com saída às 15h; entrada às 8h, com saída às 16h; e entrada às 9h, com saída às 17h.


O número de vagas disponíveis estará condicionado a estrutura física de salas de aula, segundo o secretário de Educação Francisco Airton Garcia. De acordo com ele, “o objetivo é solucionar o problema para responsáveis de estudantes que precisam trabalhar durante todo o dia”.


Para o prefeito Clenilton Carlos Pereira, expansão do atendimento vai possibilitar que o município alcance a meta 1 do Plano Municipal de Educação (PME), cujo objetivo é manter a universalização da educação infantil na pré-escola para as crianças de 4 a 5 anos de idade e ampliar a oferta da educação infantil em creches de forma a atender no mínimo 70% das crianças de até 3 anos.


De acordo com Clenilton, o crescimento da oferta de vagas no ensino integral no município vai exigir contratação professores e construção de novos CEIs. “Nós já temos a previsão de novas contratações e estamos investindo fortemente na infraestrutura da rede de educação do nosso município, que é a prioridade do nosso governo”, declarou.


É o caso da construção de dois novos CEIs. Um deles, que recebeu investimentos de R$ 3,5 milhões, é o CEI Bruno Magalhães, que já está funcionando e beneficia diversas crianças do loteamento Raul Gern, no bairro Itinga. Além dele, está previsto ainda para este ano o funcionamento do CEI Pequeno Anjo, no loteamento Casa Nova, no bairro Volta Redonda. O valor do investimento é de R$ 1,8 milhões.


As duas unidades, juntas, têm capacidade para atender até 500 crianças. Somando esses dois investimentos, além da ampliação, reformas de CEIs e escolas, o governo municipal já investiu, só neste ano, cerca de R$ 8 milhões para atender as novas demandas do ensino infantil e fundamental.


A expectativa é que as ações ganhem reforço orçamentário no próximo ano, chegando ao dobro do já investido. “Nós sabemos dos desafios que uma cidade em franco desenvolvimento impõe. E isso faz com que desejemos batalhar mais para que a gente melhore a qualidade de saúde, da educação, das políticas públicas", finaliza Clenilton.


Acesso ao ensino integral:


De acordo com o edital, nesta primeira fase poderão concorrer a uma vaga para o atendimento em tempo integral as crianças de 4 meses a 3 anos, 11 meses e 29 dias de idade que já estejam matriculadas na educação infantil. Os requisitos e demais informações podem ser consultados no edital, página 15 — Clique aqui para acessar.

120 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentarze


bottom of page