top of page

Acidente de missão espacial russa deixou cratera na Lua


foto: Nasa


A fracassada missão espacial russa Luna-25 deixou uma cratera de 10 metros de largura na superfície da Lua quando caiu no mês passado, após um problema na preparação para um pouso no polo sul, mostraram imagens divulgadas pela Nasa.


Luna-25, a primeira missão lunar da Rússia em 47 anos, falhou em 19 de agosto, quando saiu de controle e caiu na Lua, ressaltando o declínio pós-soviético de um outrora poderoso programa espacial.


A espaçonave Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) da Nasa fotografou uma nova cratera na superfície da Lua que concluiu ser o provável local de impacto da missão russa.

A nova cratera tem cerca de 10 metros de diâmetro, disse a Nasa. Uma vez que esta nova cratera está perto do ponto de impacto estimado da Luna-25, a equipe da LRO conclui que é provável que seja da missão, e não de um impacto natural.


Após o acidente, Moscou disse que uma comissão especial interdepartamental foi formada para investigar as razões por trás da falha da nave Luna-25.


Durante o período da Guerra Fria, a União Soviética foi o primeiro país a lançar um satélite para orbitar a Terra - o Sputnik 1 em 1957 - e o cosmonauta soviético Yuri Gagarin se tornou o primeiro ser humano a viajar para o espaço em 1961.




128 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page