top of page

A Gatinha da Cracolândia.


Divulgação


Influenciadora de dia e traficante de drogas à noite. Lorraine Cutier Bauer Romeiro, 19, foi presa por esta acusação.

A adolescente, segundo a Polícia de São Paulo, costumava se apresentar na Cracolândia, local mais conhecido pelo tráfico e pela alta densidade de dependentes químicos.

Durante o dia ela interagia com os milhares de seguidores nas redes sociais e à noite tirava as roupas elegantes e modernas para vestir roupas largas e um macacão com capuz para esconder o rosto. Foi assim que ele saiu às ruas da Cracolândia para administrar o tráfico de drogas do bairro.

A jovem, que tem mais de 100 mil seguidores nas redes, passou a ser chamada de Gatinha da Cracolândia, em referência à sua atividade "extra", além daquela que está aos olhos de todos no Instagram.

Lorraine, que cresceu em uma família milionária, segundo os investigadores, levou uma vida dupla que nem mesmo seus pais sabiam.

O incrível é que a menina, por ter uma filha de 1 ano, recebeu prisão domiciliar e cinco dias depois foi pega vendendo drogas na Cracolândia.

Já na prisão, a traficante escreveu uma carta para a mãe: "Olá, mãe. Sei que agora não posso me decidir ou pedir nada. Não consigo nem ver minha bebê. Eu te amo muito. Não se esqueça de mim."




46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page