top of page

Árbitro de SC erra na súmula

O árbitro Bráulio Barbosa cometeu erros grosseiros na súmula do jogo Botafogo x Palmeiras

foto: BFR


No confronto entre Botafogo e Palmeiras, pela Série A do Brasileirão, na última quarta-feira (1º), uma polêmica surgiu fora das quatro linhas. O árbitro Bráulio da Silva Machado, de Santa Catarina, pode enfrentar uma suspensão de até um ano devido a equívocos registrados na súmula do jogo.


O incidente mais grave ocorreu na parte em que o árbitro menciona os membros da diretoria do Botafogo que o teriam ofendido ou tentado agredi-lo. Segundo a súmula, os envolvidos seriam Vinicius Assumpção (vice-presidente da SAF), André Mazzuco (diretor de futebol da SAF) e Pedro Moreira (gerente de futebol da SAF). No entanto, surge aqui a grande controvérsia, pois Pedro Moreira deixou o Botafogo em janeiro e agora ocupa o cargo de gerente administrativo do Atlético Mineiro.


De acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, tais equívocos podem resultar em sérias consequências para o árbitro, incluindo suspensão de 30 a 360 dias e/ou multa de R$ 100 a R$ 1.000. O código estipula penalidades para árbitros que falham ao relatar corretamente as ocorrências disciplinares da partida, deturpam os fatos ocorridos ou incluem informações não presenciadas.


Além disso, um segundo erro foi detectado na descrição do terceiro gol do Palmeiras, erroneamente creditado a Breno Lopes quando, na verdade, a autoria foi de Flaco López, que entrou no segundo tempo do jogo.


O Botafogo já indicou que irá solicitar uma punição para o árbitro em questão pelos equívocos apresentados na súmula. A Confederação Brasileira de Futebol ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas espera-se que o posicionamento oficial ocorra nos próximos dias.


Pedro Moreira deixou o Botafogo no início do ano


135 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page